Quais cidades visitar na Europa

Você está viajando para a Europa pela primeira vez? Sim? Não sabe qual destino escolher? A gente te ajuda! Ir para o Velho Continente na primeira vez não é fácil, já que são tantos países e cidades para escolher! Mesmo as visitas seguintes não são fáceis de decidir…

É muita história, muita coisa bacana para fazer por lá! Então vamos falar um pouquinho de cada cidade para você entender melhor, ok? A primeira coisa a ser entendida é que viajar para Europa não é para fazer compras! O Euro é substancialmente mais caro que o dólar, os voos são mais caros e lá tem mais imposto também. Então se você quer fazer compras, vá para os Estados Unidos!

Uma coisa que eu gostaria de deixar claro é que minhas sugestões de passeio são apenas sugestões e tem coisas que podem ser mais do seu agrado. Por isso, eu recomendo comprar um guia de viagem de cada lugar que você for. É baratinho e tem várias coisas bacanas lá, com as melhores atrações por nota e os melhores restaurantes também. Estou deixando um guia abaixo de cada cidade, caso você tenha interesse em comprar.

Londres

A capital do Reino Unido é uma das cidades mais cosmopolitas do mundo atualmente, sendo a maior de toda a União Europeia. Ela também foi a maior cidade do mundo por alguns séculos e é cheia de coisa para fazer! A começar por visitar os enormes parques da cidade, como Hyde Park e Kensington Park, que são referência no mundo em termos de espaço público e muito agradáveis. Ver a troca da Guarda Real no Palácio de Buckingham também é um dos passeios imperdíveis.

Se você fala bem inglês, visite o British Museum (o mais antigo do mundo, gratuito e cheio de aulas) e Westminster Palace (o parlamento), com direito a uma esticadinha até o Big Ben, o relógio mais famoso do planeta. St. Paul’s Cathedral também é legal de visitar, assim como dar um passeio na famosa London Eye, de onde você consegue ver toda a cidade – e é bem pertinho do parlamento, no centro da cidade. Se gosta de guerra, o Imperial War Museum é muito bacana. E claro, cruze a Tower Bridge!

Tudo isso faz Londres ser o destino número 1 na Europa! Se você tiver mais de um destino na viagem, recomendo fortemente que vá a Paris usando o Eurotunnel. Ele é uma atração turística por si só e te leva para a capital francesa em apenas 1 horinha! Se quiser continuar a viagem nas ilhas britânicas, vá até Dublin, capital da Irlanda e uma das cidades que mais crescem em toda Europa.

Vai bem com: Paris, Dublin

Paris

paris
Paris

A cidade mais icônica da Europa, porém, é Paris, a capital da França. Ela também PRECISA estar na sua primeira viagem para o Velho Continente. Subir a Torre Eiffel e visitar o Museu do Louvre são os passeis mais óbvios, mas há muito mais para fazer na cidade. A começar por um passeio pela Champs-Élysées, a avenida mais famosa da cidade e da Europa, até o Arco do Triunfo, conhecendo todas as lojas de luxo que adornam a região.

Visite as catedrais, tanto a Notre-Dame (quando possível) quanto a Sacre-Coeur, assim como o Museu D’Orsay (fala-se Dorcé) e Imperial da Guerra, que é semi-dedicado ao Napoleão. Se esbalde nos maravilhosos restaurantes da cidade e separe um tempo para andar pelo Sena. Também tem a super agradável Ile-de-France e o suntuoso e inesquecível Palácio de Versailles.

E nem se preocupe com o famoso mau humor dos franceses, isso é mito e a maioria vai te tratar bem e falar inglês contigo. Outras cidades na França bacanas de se visitar são Marseille, Lyon e o principado de Mônaco (que não é na França, mas é praticamente dentro dela). Contudo, eu te recomendo a ir para Roma…

Vai bem com: Londres, Roma

Roma

roma coliseu
Roma Coliseu

A capital do maior império Europeu da história RESPIRA história. Roma é uma das cidades mais surpreendentes de todo continente e precisa ser visitada por qualquer amante de viagens, é uma cidade que encanta de diversos jeitos possíveis. Vou dividir Roma em duas viagens completamente diferentes: Roma antiga, centrada no antigo Império Romano, e Roma católica, já que a cidade é o centro do catolicismo mundial.

No primeiro passeio, vale a pena visitar o Coliseu, que sozinho tem mais visitantes que o Brasil inteiro, o enorme “estádio” (chamado de anfi-teatro) que os romanos construíram para assistir batalhas entre Gladiadores e outros jogos. Tem também os banhos, o Circus Maximus e o Fórum Romano, um conjunto de ruínas que marcam o centro político da Roma antiga – tudo isso muito próximo do Coliseu. Vale a pena também conhecer as catacumbas e o Pantheon, templo romano que foi transformado em igreja católica, mas mantém a estrutura original.

Na Roma Católica, a primeira visita é o Vaticano! Você pode entrar no palácio e visitar vários locais interessantes, como a Capela Sistina e a Basílica de São Pedro. Pode também visitar a Catacumba do Vaticano, onde é possível ver o túmulo de São Pedro. É possível também ver o túmulo de São Paulo na Igreja São Paulo Fora dos Muros, que também é bastante interessante. Outra igreja sensacional é a Santa Maria Maggiore, bem perto da Termini, principal estação de trem da cidade.

Outro ponto forte de Roma é que lá você consegue comer o melhor da culinária italiana, a mais gostosa do planeta – pizza, massa, o que você quiser! E se você quer continuar a visitar a Itália, te recomendo mais duas cidades: Milão, a capital da moda, ao norte e Nápoles, onde você vai comer a melhor pizza da sua vida e ainda poderá conhecer Pompéia, um dos lugares mais impressionantes do mundo.

Vai bem com: Paris, Nápoles, Milão

Lisboa

Lisboa Torre de Belém
Lisboa Torre de Belém

A capital de Portugal é um dos lugares mais gostosos do mundo! Primeiro, o clima é o melhor da Europa (tanto que o turismo de Portugal afirma que lá é a terra que o Sol resolveu morar), então você consegue visitar o ano inteiro, até mesmo no inverno. A cidade não é muito grande e é cheia de coisas interessantes para serem feitas por lá, e ainda por cima não tem barreira nenhuma na língua!

A começar pelas grandes Praças, como a do Comércio e a Pedro IV, nosso Pedro I. Enquanto estiver na Praça do Comércio, passe pelo Arco da Rua Augusta e siga a própria Rua Augusta, observando todos os comércios da rua e os artistas de rua que se concentram por ali. Depois, vá ao bairro do Belém e entre no mosteiro, onde poderá ver o túmulo de Vasco da Gama, passando também pela Torre de Belém. Por fim, vá ao fantástico Castelo de São Jorge e o Convento do Carmo.

Lisboa é uma excelente porta de entrada para a Europa, principalmente por causa dos voos da TAP que oferecem stopover (parada adicional gratuita). Se quiser continuar em Portugal, vá para a cidade do Porto, que deu origem ao país. Mas um outro excelente destino é a capital espanhola, Madri.

Vai bem com: Porto, Madri

Madri

Gran Via Madri
Gran Via Madri

Madri é uma das cidades mais bonitas do mundo, com certeza. Com grandes palácios, praças fenomenais e muita vida! Vá até o Palácio Real e faça o tour, que é muito bacana, para conhecer onde os reis da Espanha moravam. Visite também a Plaza Mayor, Plaza de España e a Puerta del Sol. Passeie pela Gran Via, um dos lugares mais impressionantes de toda a Europa, e pelo Mercado de San Miguel (não deixe de provar o Jamón lá!).

Se você gosta de futebol, faça o tour guiado pelo Santiago Bernabéu, o estádio do Real Madrid – o maior time de futebol do mundo. Se tiver oportunidade de ir em algum jogo, vá! É muito bacana e você vê alguns dos melhores jogadores do mundo. Há também o estádio Wanda Metropolitano, do Atlético de Madrid. Para quem gosta de museus, o Museu do Prado é sensacional. Fique também um tempo na Puerta de Alcalá e siga a Calle de Alcalá até o fim.

A Espanha tem outros tantos destinos incríveis, mas vou selecionar dois aqui para você: Barcelona, na Catalunha, e Sevilha, na Andaluzia. Ambas as cidades possuem muita história e construções maravilhosas, cheias de coisas para fazer! É um país belíssimo, cheio de lugares sensacionais.

Vai bem com: Lisboa, Barcelona, Sevilha

Berlim

Berlim Brandeburgo
Berlim Brandeburgo

Se Madri é uma das cidades mais bonitas dessa lista, Berlim é uma das mais feias. Destruída na Segunda Guerra Mundial e dividida logo após, partes da cidade possuem um ar muito industrial. Isso é um dos charmes da cidade, principalmente quando você estiver se perguntando em que lado do muro você está: ocidental capitalista ou oriental comunista?

Boa parte dos passeios na cidade giram em torno disso, inclusive. Vá até o East Side Gallery para ver uma porção muito bem preservada do muro. Não deixe de visitar o Museu do Muro, próximo ao East Side Gallery, e o Checkpoint Charlie, que também conta com um museu próprio. O DDR Museum também é uma boa pedida para conhecer como era a vida dentro da Alemanha Oriental, o museu é bem novo e bastante interativo. Os passeios subterrâneos também são animais.

Também aproveite para ir à Alexanderplatz, onde fica a famosa torre de rádio, que você pode subir e tomar um gostoso café da manhã no restaurante giratório. Por ali, visite também a Catedral de Berlim e a Ilha dos Museus, com diversos museus de antiguidades muito bacanas. E por fim, não deixe de visitar o Portal de Brandenburgo e a Coluna da Vitória, além de tomar um café da manhã no Bundestag, o prédio do parlamento.

Se quiser continuar a viagem pela Alemanha, recomendo três paradas: Munique, Frankfurt e Dresden, cidades com imensa história e um quê de modernas também. Contudo, você pode ir para Viena na Áustria ou Praga na República Tcheca, dois destinos relativamente próximos e que valem muito a pena conhecer!

Vai bem com: Viena, Praga, Munique, Frankfurt, Dresden

Viena

Viena
Viena

A cidade mais limpa do mundo, provavelmente, e também uma das cidades culturalmente mais relevantes na história da Europa. Por conta disso, tem excelentes locais para visitar, como a Ópera e os palácios dos Habsburgos, a família real austríaca, como o Schonbrunn e o Hofburg – este último um dos melhores museus imperiais de toda a Europa. Bacana também visitar a Roda Gigante, a Catedral de St. Stephen e o restaurante Figlmüller.

Pela proximidade, vale muito a pena continuar a viagem em direção a Budapeste. As duas cidades foram as mais relevantes no Império Austro-Hungáro. Na outra direção, é bacana também ir para Praga, outra cidade relevante na história dos Habsburgos.

Vai bem com: Berlim, Budapeste, Praga

Praga

Praga
Praga

A capital da República Tcheca é provavelmente a cidade com mais cara de “medieval” de toda a lista. Comece indo para o Castelo de Praga, a principal atração da cidade, que inclui também a Catedral, uma das mais imponentes da Europa. Cruze a famosa Charles Bridge, observando todas as estátuas, em direção ao outro lado da cidade e visite a Praça da Velha Cidade. Lá, o relógio astronômico é super famoso e disputado.

Praga é uma viagem que cai bem com Viena, Budapeste e Varsóvia, na Polônia. Estando no centro da Europa, há também a possibilidade de ir para a Alemanha em poucas horas de estrada ou de avião, o que certamente facilita. Um ponto interessante a dizer sobre a cidade é que ela tem sido o “destino da moda” recentemente.

Vai bem com: Viena, Budapeste, Varsóvia

Budapeste

Budapeste
Budapeste

A capital húngara também é conhecida por sua beleza. De um lado da ponte, Buda e do outro, Peste. Em Buda, vá até o castelo, aproveitando tudo que existe no complexo, como o Museu de História e a Galeria Nacional. Depois vá a Citadela. Em Peste, visite o Parlamento e a Basílica de São Estevão. Por fim, visite os Banhos Turcos (com águas termais!) no Szechényi.

Vindo ou indo para Viena, esta viagem é muito bacana se combinada com outros países do leste europeu. Você pode ir para a Polônia, onde Varsóvia é um excelente destino ou Praga na República Tcheca, que é uma cidade mais turística também.

Vai bem com: Viena, Varsóvia, Praga

Moscou

Moscou
Moscou

A capital russa é muito menos visitada por brasileiros, mas é uma pena. Você pode até passar um aperto com inglês por lá, mas vale a pena visitar vários lugares lá! A começar pela Praça Vermelha, onde você vai encontrar a Catedral de St. Basil e o Mausoléu do Lenin. Visite o Kremlin e as sete irmãs de Stalin, que formam dois marcos da arquitetura mundial. O museu nacional, o teatro Bolshoi e o museu dos Cosmonautas também são visitas sensacionais.

Um ponto turístico incomum em Moscou é o metrô, que foi construído para ser “o palácio do povo” e é super luxuoso, com pinturas e várias obras de artes espalhadas pelas centenas de estações que estão na cidade. Na Rússia – um país tão longe de todo o resto -, vá também para São Petesburgo, outra cidade maravilhosa e que conta também com metrôs lindíssimos.

Vai bem com: São Petesburgo

Atenas

Atenas
Atenas

O berço da democracia mundial é um dos destinos mais chiques, mas um pouco fora de mão para sua primeira viagem na Europa. Lá, visite a Acrópolis, a Ágora, o Parthenon e o Templo de Zeus. São inúmeras construções de séculos atrás que estão bem preservadas. Outra cidade que vale a pena visitar quando você for para Atenas é Istambul, a capital turca.

Vai bem com: Istambul

Istambul

Istambul
Istambul

Bem próxima de Atenas, Istambul é a única cidade muçulmana nesta lista – ao contrário de todas as outras, em que você visitava igrejas e catedrais, aqui o grande lance é visitar Mesquitas!

Visite a Mesquita Azul e a Hagia Sofia, além de ir no banho turco próximo dessa última. Visite as cisternas e o mercado de especiarias, terminando a viagem pelo Grand Bazaar. Cuidado apenas com a diferença cultural, já que é requerido que você use roupas que não mostram muita pele, principalmente se você for em mesquitas.

Vai bem com: Atenas

Conclusão: foque nas cidades tradicionais na Europa!

A conclusão do nosso texto é super simples: visite as cidades mais tradicionais. Comece suas viagens por Londres, Paris e Roma. Se conseguir colocar Lisboa no meio por conta das passagens da TAP, aproveite também! Essas são as cidades que são mais satisfatórias de conhecer e que precisam estar no passaporte de todo mundo que AMA viajar. Boas viagens!